Programa de Controle Ético da População Animal PBH

revista-valor-compartilhado-terceiro-setor-saude-animalO que é?

O Programa de Controle Ético da População Animal da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte inclui políticas de controle reprodutivo com cirurgias gratuitas, ações de educação para a guarda responsável e também a promoção da adoção dos animais que estão abandonados e que são recolhidos pelo Centro de Controle de Zoonoses – CCZ de Belo Horizonte, em parceria com organizações sociais.

Quem é o público-alvo?

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, por meio da Gerência de Controle de Zoonoses, realiza anualmente um censo para estimar a população de cães e gatos em Belo Horizonte. Em 2014, estimou-se esta população em 283.345 cães e 64.398 gatos. Dessa população, mais de 10% dos animais estão abandonados ou em abrigos.

Qual é o objetivo?

Eduardo Viana, veterinário da Gerência de Controle de Zoonoses da PBH, explica que o objetivo é a qualidade de vida para todos, pessoas e animais.
Para isso, realizam ações em que
buscam inibir o abandono, promover a guarda responsável e incentivar
a adoção.

Como funciona na prática?

Para inibir o abandono de animais de estimação, o CCZ promove ações de incentivo à guarda responsável, como: palestras em escolas, treinamento dos agentes de zoonoses para orientação da população e produção de materiais educativos sobre a responsabilidade do proprietário quanto ao correto cuidado com seus animais.

As adoções de animais ocorrem nas dependências do CCZ e em eventos em parceria com as organizações sociais Teia de Textos e Ilê, realizados em diferentes pontos da capital.

Desde 2008, o CCZ faz o controle reprodutivo por esterilização cirúrgica gratuita de cães e gatos na guarda de residentes de Belo Horizonte. As cirurgias são oferecidas em três Centros de Esterilização de Cães e Gatos (CECG) e uma Unidade Móvel de Esterilização.

A cirurgia é gratuita e deve ser agendada, presencialmente ou por telefone, nos endereços:

Regional Noroeste • R. Antônio Peixoto Guimarães, 33, Caiçara. Tel.: 31.3277-8448

Regional Oeste • R. Alexandre Siqueira, 375, Salgado Filho.
Tel.: 31.3277-7576

Regional Norte • Centro de Controle de Zoonoses – R. Edna Quintel, 173, São Bernardo

Tel.: 31.3277-7413.

Quais os resultados?

Mais de 170 feiras de adoção foram feitas a partir da parceria entre CCZ e organizações sociais. Até maio de 2015, mais de dois mil animais já haviam sido adotados nesses eventos. Viana diz notar maior aceitação ao animal sem raça definida e adesão à adoção. “A gente começa a perceber uma mudança comportamental das pessoas, que é o objetivo principal”, conta e lembra-se do início do trabalho: “um dado interessante é que entre 2008, quando inauguramos os dois primeiros CECGs, até por volta de 2011, tínhamos um excesso de vagas de cirurgias de esterilização para uma procura tão pequena. Fazíamos em torno de 500 cirurgias por ano. Hoje, já teve uma inversão. Em julho de 2015, tínhamos vaga para fevereiro de 2016”. Segundo ele é uma mudança de conceito que está acontecendo: a população está deixando de ver a cirurgia de castração como algo prejudicial e começando a ver como algo saudável.

O censo da população de cães e gatos realizado anualmente pelos Agentes de Controle a Endemias (ACE) da PBH mostra, de acordo com Viana, que em algumas regiões específicas já acontece o decréscimo da população de animais de estimação. As regiões onde são registrados aumentos da população de animais recebem a visita da unidade móvel e outras ações.

Do início do Programa até maio de 2015, haviam sido castrados gratuitamente pela PBH, aproximadamente, 100 mil animais. Atualmente, realizam uma média de 20 mil cirurgias de castração de cães e gatos por ano. A meta, explica o veterinário, é chegar a oferecer 60 mil cirurgias gratuitas/ano, atendendo, no mínimo, 20% da população total de animais. “Para frente, a gente espera inaugurar outros centros cirúrgicos, agregando equipe”, planeja Viana.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑