Educação é o alvo principal da missão dos Padres Escolápios

Centro Social conta com ajuda de voluntários para atender famílias inteiras; aproximadamente mil pessoas já foram beneficiadas

Mais de mil pessoas atendidas. Esse é o saldo do Centro Social São José de Calasanz. Com atividades nas cidades de Belo Horizonte, Governador Valadares e Serra, no Espírito Santo, a organização trabalha com crianças, adolescentes, jovens e famílias em situação de alta vulnerabilidade social por meio da educação, que é um dos carismas dos Padres Escolápios.

São vários programas desenvolvidos para atender o público, que é bem diverso. Capoeira, esporte, música, artesanato, cursos profissionalizantes, bazar, entre outros, fazem parte da programação do Centro Social.

As parcerias são fundamentais para o sucesso de todo o trabalho. Quem afirma é o padre José Carlos Fernandes Jorajuría, representante legal da Ordem Religiosa e diretor do Centro Social. “Mantemos inúmeras parcerias com órgãos públicos e privados, como ArcelorMittal, Vale, governo do estado, entre outros). Fomos convidados a participar de espaços públicos de discussão como o Conselho de Segurança do bairro”, relata.

O trabalho realizado também impacta a comunidade do entorno. “Tivemos uma projeção do Centro nas comunidades vizinhas, como apresentações das crianças nas escolas, creches, teatro. Dessa maneira, voluntários estão aderindo ao projeto”, ressalta padre José Carlos.

Entrega, carisma e comunhão são, para padre Carlos, os pontos fundamentais para o trabalho do Centro Social. “Servimos a causa da criança, principalmente daquela que foi abandonada. Depois vem o carisma da prevenção, pois buscamos chegar a tempo com propostas de vida para elas e a comunhão de vida, pois descobrimos pessoas que lutam pela mesma causa e isso é fortalecedor”, diz.

Organização de Sucesso

A gestão de sucesso de uma organização é um grande desafio, de acordo com o padre. O Centro Social existe há nove anos e, durante esse tempo, a pessoa, o ser humano sempre esteve em primeiro lugar. “Quando você se dedica por inteiro às pessoas, os outros problemas são muito mais fáceis de resolver”, afirma o diretor do Centro Social.

Para ele todo projeto socioeducativo está sustentado na política e na mística e é desse último aspecto que brota a energia, a força para assumir a missão. Além disso, é preciso ter motivação, valorizando a dedicação e o empenho de cada pessoa envolvida. José Carlos fala ainda que relacionamento e trabalho em equipe são fundamentais para o bom andamento dos trabalhos. A questão econômica também tem que ser cuidada para não haver gastos desnecessários. “O ideal é reduzir as receitas, buscar fontes alternativas de recursos, como um bazar ou aluguel de espaços”, conclui o padre.

Confira as ações sócioeducativas do Centro Social

  • Programa Convivência e Fortalecimento de Vínculos
  • Cursos
  • Profissionalizantes
  • Programa CulturArte
  • Calasanz
  • Programa Adolescente Aprendiz Calasanz
  • Projeto Escola
  • Bazar do Centro Social
  • São José de Calasanz
  • Projeto Família
  • Projeto Educadores


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑